SAÚDE

Uso excessivo de tecnologia pode causar ansiedade em jovens

img1

Sucesso News |

Passar horas nas redes sociais ou maratonando uma série virou quase uma regra entre os adolescentes de hoje, e entre adultos também, vale dizer. Só que o exagero pode causar danos à saúde mental, como indicam vários estudos. Um dos mais recentes, publicado no Canadian Journal of Psychiatry, aponta que o ato de passar muito tempo em frente às telas está relacionado a um crescimento da ansiedade em jovens. A pesquisa acompanhou, por quatro anos, 3 826 voluntários entre 12 e 16 anos. Anualmente, eles reportavam quanto usavam celular, televisão, videogame e computador. A turma respondia ainda um questionário sobre os próprios sintomas de ansiedade (como se sentir tenso ou ficar subitamente apavorado sem motivo). Com todas essas informações em mãos, os cientistas descobriram que, quando os adolescentes aumentavam em uma hora o tempo médio gasto mexendo nas redes sociais no celular, usando o computador ou vendo TV, também começavam a relatar mais quadros de ansiedade. Esse fenômeno não foi observado com os videogames e não parece ser duradouro.

Fonte: Saúde é Vital

Uso indevido de formol em escova pode levar a morte

img1

Sucesso News |

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher em Ilha Solteira (SP). Lidiane Ferreira, de 31 anos, passou mal depois de fazer uma escova progressiva. A escova pode ter causado a morte da mulher? O toxicologista Anthony Wong explica que, muitas vezes, os salões usam clandestinamente o formol para alisar os cabelos. O produto é altamente tóxico e proibido pela Anvisa. “O formol é uma das substâncias mais irritantes, mais agressivas que nós conhecemos. E é uma substância que acaba evaporando. Então, tem a lesão por contato e por inalação”. No Brasil, o uso do formol não é permitido como alisante capilar, segundo a Anvisa. O uso indevido de formol em alisantes de cabelo pode causar diversos males à saúde, como: irritação, coceira, queimadura, inchaço, descamação e vermelhidão do couro cabeludo, queda do cabelo, ardência dos olhos e lacrimejamento, falta de ar, tosse, dor de cabeça, ardência e coceira no nariz. Exposições constantes podem deixar a boca amarga e causar dor de barriga, enjoo, vômito, desmaio, feridas na boca, narina e olhos, e câncer nas vias áreas superiores, podendo até levar à morte.

Fonte: Bem Estar