Tite acerta renovação até o fim da Copa América

Sucesso News |

A novela criada após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo parece estar perto do fim. De acordo com a rádio 'Jovem Pan', o técnico Tive fez um acordo para seguir comandando a Seleção Brasileira. O técnico, segundo a informação, renovou contrato até o fim da Copa América-2019, que será jogada no Brasil. Após a eliminação da Copa, Tite declarou que precisava descansar e que só daria informações sobre o seu futuro após as suas férias. O contrato do treinador com a CBF se encerra neste mês de julho e a entidade ficou de apresentar uma proposta de renovação para o técnico. Além do técnico Tite, outros nomes importantes da delegação brasileira da última Copa do Mundo também vão permanecer ao lado do treinador para a sequência da temporada. O diretor de seleções e braço direito de Tite, Edu Gaspar, e o auxiliar técnico Sylvinho, por exemplo, são os nomes que devem continuar. A Copa América vai ser realizada do dia 14 de junho a 7 de julho de 2019 e vai ser disputada no Brasil. Serão 12 seleções, incluindo Japão e Qatar, ambas do continente asiático, mas que foram convidadas a participar desta edição.

Fonte: Lance!

Santos fecha contratação de Carlos Sánchez

Sucesso News |

O Santos acertou a contratação de Carlos Sánchez no segundo dia de reuniões com seu empresário, em São Paulo. O Peixe aguarda pelo uruguaio na próxima semana para exames médicos. O contrato até dezembro de 2020 foi apalavrado. O alvinegro “driblou” o interesse do Palmeiras para contratar o meia de 33 anos. O rival ofereceu mais do que o Peixe há alguns dias, mas a oferta venceu. Depois de chutar alto e atrair o jogador, a proposta santista foi diminuída e houve o acerto após longas conversas com o agente. Os salários e luvas pela assinatura do acordo não foram revelados, mas o Santos afirma que são semelhantes aos moldes de Bryan Ruiz, anunciado na semana passada – cerca de R$ 350 mil por mês e pouco mais de R$ 2 milhões para o atleta e seus representantes. O Peixe convenceu o Monterrey-MEX com 1 milhão de dólares (R$ 3,7 mi) e recebeu a prioridade em caso de outras propostas. A relação entre as diretorias se estreitou após o amistoso, vencido pelos mexicanos por 1 a 0, no último dia 7, no Estádio BBVA Bancomer.

Fonte: Gazeta Esportiva

 

 

Publicidade

Publicidade