Epic Games lançara serviço de distribuição

Sucesso News |

Quando Fortnite foi lançado para Android, muita gente duvidou se o título da Epic Games alcançaria o mesmo explosivo sucesso alcançado no iOS. Isso porque ela decidiu simplesmente ignorar a Play Store e distribuir o battle royale por meios próprios, algo que qualquer desenvolvedora acharia impensável, dado ao alcance da plataforma. Como sabemos, o Fortnite também se deu muito bem no Android e agora a Epic Games, que já tinha umas tretinhas com a Google, agora declara uma guerra aberta, não somente à loja virtual da Gigante de Mountain View como também à App Store e ao Steam: ela anunciou um serviço próprio de distribuição, que promete movimentar o mercado. Como a própria Epic Games ilustra no comunicado oficial, ela promete 88% do faturamento à desenvolvedoras, enquanto fica com apenas 12%. Em termos de comparação, os maiores da indústria costumam ficar com 30%, enquanto os 70% restante vão para idealizadores dos projetos.

Fonte: Tecmundo

 

Google resolve desativar apps malsucedidos

Sucesso News |

O Google só acertou ao lançar um app de mensagens com o finado (e saudoso) GTalk. Desde que a companhia decidiu que ele era insuficiente e lançou o Hangouts, ela não deu uma dentro; o Allo e o Android Mensagens só aumentaram a confusão. De uns tempos para cá a companhia decidiu que enough is enough, e resolveu botar ordem na casa. Ou melhor dizendo, está tentando fazê-lo. Recentemente, novas informações apuradas pelo site 9to5Google indicavam que o Google iria finalmente resolver a bagunça de apps, eliminando tanto o Hangouts clássico quanto o Allo, mantendo apenas o Chat e Meet para empresas, o Duo, seu bem-sucedido app de chamadas de vídeo (nesse a gigante das buscas acertou) e o Mensagens para SMS. Cada um no seu quadrado e sem redundâncias, o que deveria ter sido feito há tempos.

Fonte: Meio Bit

 

Publicidade

Publicidade