Nova rota Líbano-Tamboré facilita usuários nos horários de pico

Sucesso News |

A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri (SSMU), por meio do Departamento de Transporte, informa que, a partir de hoje será implantado um novo atendimento para usuários do transporte público que se deslocam entre os bairros Jardim do Líbano e Tamboré. No horário de pico da manhã (entre 5 e 9h), ônibus municipais farão viagens pelos bairros trafegando apenas pelo Jardim Maria Helena, Aldeia de Barueri e Alphaville. A inscrição nos veículos é "T245BI1 - Jd. Líbano / Tamboré via Maria Helena e Estação Antonio João". Após partirem do Líbano, os coletivos passarão pelo Maria Helena, Estação Antonio João, estrada da Aldeinha e alamedas Rio Negro, Amazonas e Aragauia, até chegar ao Tamboré. À tarde, entre 16 e 19h, os ônibus partem do Tamboré fazendo o mesmo itinerário no sentido contrário. A medida visa diminuir o tempo de viagem de passageiros que trabalham na região de Alphaville e Tamboré e utilizam linhas como T241, T242 e T253 para ir e voltar. Estas linhas já fazem a ligação entre as regiões, mas circulam também por outros bairros como Centro, Parque dos Camargos, Jardim Mutinga e Parque Imperial.

Fonte: Secom/Barueri

Prefeitura de SP intensifica atendimento a moradores de rua

Sucesso News |

A Prefeitura de São Paulo intensificou o atendimento à população em situação de rua da capital com o início do Plano de Contingência para Situações de Baixas Temperaturas – 2018. A ação segue até o dia 30 de setembro e será reforçada sempre que a temperatura atingir o patamar igual ou inferior a 13º, ou sensação térmica equivalente. O objetivo é zelar pela segurança e bem-estar da população em situação de rua, promovendo o acolhimento de crianças, adolescentes e adultos durante os meses mais frios do ano. O plano é coordenado de forma compartilhada entre as secretarias municipais de Direitos Humanos e Cidadania, Assistência e Desenvolvimento Social e Segurança Urbana. A ação contará, ainda, com o apoio da Secretaria Municipal da Saúde. Inicialmente, dois abrigos emergenciais serão abertos, um na região central, com 100 vagas, e outro na Lapa, com 80 vagas. Essas vagas serão acrescentadas às outras mais de 14 mil já existentes nos Centros de Acolhimento. A rede também conta com 135 Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (SAICAs), que juntas disponibilizam 2.570 vagas.

Fonte: Secom/São Paulo

 

Publicidade

Publicidade